Hora Certa

Redes Sociais


Top Música
1
Meu violão e o nosso cachorro
Simone e Simaria
2
Escreve aí
Luan Santana
3
Camarote
Wesley Safadão
4
Só num sonho
Ivete Sangalo
5
Isso cê num conta
Bruno & Marrone
6
Porta aberta
Belo
7
Chuva de arroz
Luan Santana
8
Lua de mel
Sorriso Maroto
9
Sonhos de Deus
Padre Marcelo Rossi
10
Do seu coração sou dono
Gabriel Diniz
Peça sua Música

  • Carminha
    Cidade: Amaraji
    Música: Catedral com participação dos cantores Leandro e Leonardo
  • Maria
    Cidade: Amaraji
    Música: Mano Walter
  • Amanda e sua família
    Cidade: Amaraji
    Música: Senhor eu sei que mim sondas
  • Leandro
    Cidade: Tangara da serra MT
    Música: Oferta agradavel a ti cassiane
  • Julio Bautista
    Cidade: México
    Música: Eu duvido
  • CARLOS FONTES
    Cidade: Amaraji
    Música: piseiro
Estatísticas
Visitas: 878911 Usuários Online: 39


Brasil

Publicada em 15/10/20 às 08:23h - 3 visualizações
Salles: Justiça determina análise imediata do pedido de afastamento

Rádio AmarajiFM 98.5 Mhz- Amaraji PE


 (Foto: Rádio AmarajiFM 98.5 Mhz- Amaraji PE)
O pedido do Ministério Público Federal (MPF) para afastar do cargo, de maneira cautelar, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, ganhou mais um desdobramento. Após três meses desde que foi protocolado e uma série de repasses dentro das instâncias judiciárias para decidir a quem compete julgar a ação, o desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), determinou a análise imediata do processo pela 8ª Vara Federal no Distrito Federal.

A decisão do desembargador foi protocolada nessa terça-feira (13/10), mas ainda não houve nova manifestação. “Agora, estamos aguardando que a Justiça Federal acate a determinação do TRF-1 e analise e decida sobre o pedido de afastamento de Ricardo Salles”, afirmou a assessoria de imprensa do MPF.

A ação civil pública foi proposta em 6 de julho e lista uma série de ações como omissões, práticas e discursos de Salles que, na sustentação do MPF, tem promovido a desestruturação de políticas ambientais. Por isso, o ministério alega improbidade administrativa e pede, ainda, afastamento cautelar do ministro. “A demora na concessão do pedido liminar de afastamento do ministro pode levar a Floresta Amazônica a um “ponto de não retorno”, situação na qual a floresta não consegue mais se regenerar”, alega o MPF.

A peça traz dados que reafirmam o aumento dos índices de desmatamento no primeiro ano de gestão Salles, “o maior índice de desmate dos últimos dez anos”, com cerca de 10.300 km2 da Amazônia Legal devastados. Na ação, os procuradores enumeram atos do ministro que favoreceriam a desestruturação da política ambiental do país.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Copyright (c) 2020 - Rádio AmarajiFM 98.5 Mhz- Amaraji PE - Todos os direitos reservados