Domingo, 20 de Outubro de 2019

Brasil

Publicada em 18/09/19 às 09:53h - 33 visualizações
Candidatas laranjas provocam cassação de toda a chapa, decide TSE

Rádio AmarajiFM 98.5 Mhz- Amaraji PE


 (Foto: Rádio AmarajiFM 98.5 Mhz- Amaraji PE)
Estadão Conteúdo

Em um julgamento de placar apertado, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite desta terça-feira, 17, que a presença de candidatas laranjas devem levar à cassação de toda a chapa. O entendimento do tribunal foi feito no julgamento do caso de cinco candidatas à Câmara de Vereadores de Valença do Piauí, que tiveram votação inexpressiva, não praticaram atos de campanha nem tiveram gastos declarados em suas prestações de contas.

A Lei das Eleições obriga a presença de ao menos 30% candidaturas de mulheres, mas partidos tentam burlar as obrigações com "candidatas laranjas", ou seja, fictícias, apenas para alegar oficialmente que cumpriram a cota.

O entendimento firmado pelo TSE na noite desta terça deve seguir de referência para a análise de casos semelhantes, como a investigação sobre candidatas laranjas do PSL em Minas Gerais e em Pernambuco. A decisão do TSE cassou o mandato de seis dos 11 vereadores da Câmara de Valença do Piauí.

Para o Ministério Público Eleitoral, as "candidaturas fictícias" relegam às mulheres "papel figurativo na disputa político-eleitoral" e refletem a "estrutura patriarcal que ainda rege as relações de gênero na sociedade brasileira". Uma das candidatas de Valença não obteve nenhum voto, outra obteve um e uma terceira sequer compareceu às urnas para votar.

Representação no Congresso

Em seu voto, o vice-presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, destacou que a cota feminina não produziu, até hoje, verdadeiro impacto na representação feminina no Congresso Nacional - atualmente, apenas 15% dos parlamentares são mulheres, índice abaixo tanto da média das Américas (de 30,6%) quanto da média mundial (de 24,3%).



"Entre nós, os resultados ruins da reserva de candidaturas femininas parecem advir, em grande medida, da falta de comprometimento efetivo dos partidos políticos em promover maior participação política feminina. E isso é demonstrado pela recalcitrância dos partidos e das lideranças partidárias em empregar os recursos destinados por lei à difusão da participação política feminina para atrair mais mulheres para seus quadros e promover a sua capacitação; em dar espaço a mulheres em seus órgãos diretivos", afirmou o ministro.

A controvérsia no caso de Valença, destacou o ministro, é saber se, com a fraude nas candidaturas femininas das coligações, a perda dos registros de candidatura se aplica apenas a elas ou se alcança indistintamente todos os candidatos indicados pelas coligações proporcionais.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Hora Certa

Redes Sociais


Top Música
1
Meu violão e o nosso cachorro
Simone e Simaria
2
Escreve aí
Luan Santana
3
Camarote
Wesley Safadão
4
Só num sonho
Ivete Sangalo
5
Isso cê num conta
Bruno & Marrone
6
Porta aberta
Belo
7
Chuva de arroz
Luan Santana
8
Lua de mel
Sorriso Maroto
9
Sonhos de Deus
Padre Marcelo Rossi
10
Do seu coração sou dono
Gabriel Diniz
Peça sua Música

  • LEONARDO
    Cidade: São Paulo
    Música: Valter de afogado
  • Sena
    Cidade: JABOATÃO DOS GUARARAPES
    Música: Cada dia é um recomeço com Zezé di Camargo e Luciano
  • Argemiro
    Cidade: Recife Jaboatão
    Música: José Orlando !! Qual Quer uma dele é pra mãe ela está te escutando
  • Mourinho primo
    Cidade: Recife Jaboatão
    Música: Forró dos trouxas
  • Geovane
    Cidade: Escada
    Música: Pablo perdeu pai
  • Geovane Maria de queiroz
    Cidade: Escada
    Música: Saia rodada
Estatísticas
Visitas: 550680 Usuários Online: 34


Copyright (c) 2019 - Rádio AmarajiFM 98.5 Mhz- Amaraji PE - Todos os direitos reservados